dd

Decálogo de Lênim e a atualidade

Em 1913, Lênin escreveu o "Decálogo" que apresentava ações táticas para a tomada do Poder.

a) Qualquer semelhança com os dias de hoje, não é mera coincidência

b) Tendo a História se encarregado de pôr fim à questão ideológica, a meditação dos ideais, então preconizada, poderá revelar assombrosas semelhanças nos dias de hoje, senão vejamos:

1.. Corrompa a juventude e dê-lhe liberdade sexual;

2.. Infiltre e depois controle todos os veículos de comunicação de massa;

3.. Divida a população em grupos antagônicos, incitando-os a discussões sobre assuntos sociais;

4.. Destrua a confiança do povo em seus líderes;

5.. Fale sempre sobre Democracia e em Estado de Direito, mas, tão logo haja oportunidade, assuma o Poder sem nenhum escrúpulo;

6.. Colabore para o esbanjamento do dinheiro público; coloque em descrédito a imagem do País, especialmente no exterior e provoque o pânico e o desassossego na população por meio da inflação;

7.. Promova greves, mesmo ilegais, nas indústrias vitais do País;

8.. Promova distúrbios e contribua para que as autoridades constituídas não as coíbam;

9.. Contribua para a derrocada dos valores morais, da honestidade e da crença nas promessas dos governantes. Nossos parlamentares infiltrados nos partidos democráticos devem acusar os não-comunistas, obrigando-os, sem pena de expô-los ao ridículo, a votar somente no que for de interesse da causa socialista;

10.. Procure catalogar todos aqueles que possuam armas de fogo, para que elas sejam confiscadas no momento oportuno, tornando impossível qualquer resistência à causa...

E para quem acha que o Decálogo é uma invenção dos EUA na Guerra Fria, ou simplesmente nunca existiu.

É um documento notório escrito por lênin em Em 1913, alguns falam que foi entre 1901 e 1902, mas a data exata não é importante.

Vladímir Ilich Lenin escreveu uma obra que se converteu em uma espécie de "Manual do Revolucionário", publicada no idioma espanhol com o nome de
"¿Qué hacer?" (Editorial Progreso, Moscou 1981).

http://www.tau.ac.il/~russia/cvs/Faculty/Halfin/chp4.doc

LENIN, Vladimir Ilitch. El Imperialismo, Fase Superior de Capitalismo.
Moscou. Editorial Progreso, 1981. (Existem várias edições em português).
http://www.historia.uff.br/grad_discipl_hist_contemp1.php

Para sermos mais atuais, o tal falado "estatuto do desarmamento", nada mais
é que orientação do Decálogo de Lênim

http://www.marxists.org/espanol/lenin/1900s/quehacer/

http://resistir.info/mreview/editorial_mr_jan04.html

Os títulos mais comum que ele teve no Brasil foram

LENIN, Wladimir I. (1979). O imperialismo: fase superior do capitalismo.
in Obras Escolhidas, Tomo I. São Paulo: Alfa-Omega.
Essa editora ainda existe em http://www.alfaomega.com.br

O Imperialismo: Fase Superior do Capitalismo
V.I. LENINE
Centauro
R$ 14,90
Clique na capa para comprá-lo na submarino.com.br